• Distribuição intraurbana da temperatura do ar/conforto térmico e condições de vida no Aglomerado Urbano da Região Metropolitana de Curitiba
  • Intra-urban air temperature distribution/thermal comfort and living conditions at the Urban Agglomerate of the Metropolitan Region of Curitiba (AU-RMC), Brazil
Eliane Dumke, Francisco de Assis Mendonça

Abstrato

Curitiba se destaca pelo planejamento urbano. Porém, devido ao acelerado crescimento urbano nas últimas décadas, a cidade se desenvolveu vertical e arealmente envolvendo os municípios vizinhos, formando o Aglomerado Urbano da Região Metropolitana de Curitiba (AU-RMC). O clima urbano revela significativa variabilidade na área urbanizada e resulta em diferentes graus de conforto térmico. Curitiba apresenta desconforto térmico por frio durante o ano e com mais intensidade no inverno, acarretando problemas para a população. A pesquisa se fundamenta nas propostas teórico-metodológicas de Mendonça (2004b; 2010), verificando as relações sociedade/natureza, espaço/tempo (clima) e a interação global/local. A partir da cartografia dos elementos do sítio, do fato urbano e de sua correlação, elaborou-se a setorização espacial da cidade, que orientou a geração da rede de monitoramento em campo. A análise temporal resultou na caracterização do clima local sob os aspectos dinâmicos da atmosfera e contextualizou o experimento, indicando os dias representativos de inverno. A Termografia de Superfície, mediante imagem de satélite Landsat 5, possibilitou uma averiguação detalhada da variabilidade do clima intraurbano quanto a temperatura da superfície e sua influencia na temperatura do ar. Os dados climáticos foram coletados in situ em 16 locais selecionados, em 21 agosto de 2006. Confrontando os graus de desconforto térmico com a classificação das condições de vida/qualidade de vida nos locais amostrados, verificou-se a coincidência entre o desconforto pelo frio e por amplitudes térmicas diárias, especialmente onde a pobreza se estabeleceu, devido a configuração socioespacial urbana. Agravam-se assim, os baixos índices de qualidade de vida e a vulnerabilidade socioambiental frente ao clima urbano no período de inverno. Esse artigo se baseia em Dumke (2007) e suas atualizações, traçando um breve panorama para orientar novas pesquisas sobre o tema.

Abstract

Curitiba is recognized for its urban planning. However, due to rapid urban growth in the last decades, the city developed both vertical and horizontally, exceeding its limits towards neighboring cities forming the Urban Agglomerate of the Metropolitan Region of Curitiba (AU-RMC). Curitiba, the coldest capital of Brazil, presents thermal discomfort due to cold temperatures during most of the year, mainly in the winter, what causes problems for its population. It’s urban climate exhibits considerable variability; city areas alternate between cool and heat islands, which results in different thermal comfort/discomfort levels. This research is based on the theoretical-methodological and verifies the relations between society/nature, space/time (climate) and global/local interaction. From the cartography of the area, the urban facts and their correlation, a spatial sectorization of the city was elaborated, which guided the generation of the monitoring network in the field. In parallel, the temporal analysis resulted in the characterization of the local climate under the dynamic aspects of the atmosphere and in the experiment’s contextualization. A representative winter day was chosen (August, 21st. 2006). Surface Thermography, obtained by Landsat 5 satellite image, allowed a detailed investigation of the intra-urban climate regarding surface temperature and its influence on air temperature. Climatic data was collected in situ in 16 selected sites. Confronting the thermal discomfort degrees with life conditions and life quality at the sampled sites, a coincidence of a double discomfort was verified: by cold and by larger thermal amplitudes, specially where poverty was established, due to urban socio-spatial configuration. This aggravates low life quality indexes and socio-environmental vulnerability due to urban climate in winter.

Palavras-chave

clima urbano; conforto térmico; condições de vida; Aglomerado Urbano da Região Metropolitana de Curitiba.

keywords

urban climate; urban heat islands; thermal comfort; urban planning; Aglomerado Urbano da Região Metropolitana de Curitiba

Texto completo: PDF



DOI: 10.5354/0719-5370.2017.46222